GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

 2.1 ALINHAMENTO DE PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS:

 Um modelo de gestão de pessoas coerente é aquele que usa os mesmo critérios para atrair, selecionar, reter, avaliar, desenvolver e desligar um colaborador. Assim todas as funções da gestão de pessoas precisam de processos integrados e com bases conceituais alinhadas. Nós colaboramos para que a gestão por competências esteja focada não apenas na função desenvolvimento e análise de desempenho, mas com sua energia aplicada em todos os processos de RH, conectada com a estratégia do negócio e efetivamente gerando ativos tangíveis da organização.

Desta forma, além de propor mapear competências coerentes com a atividade, funções, estilo de gestão, etc. a Gestão por Competências precisa alinhar e estruturar as principais áreas em Gestão de Pessoas (Recrutamento e Seleção, Retenção, Treinamento, Desenvolvimento e Remuneração) com base nas Competências Gerais e Específicas para cada função e para cada nível de gestão da Organização. 

 

2.2 MODELAGEM DE COMPETÊNCIAS:

 Um modelo eficaz de gestão de pessoas deve alinhar as competências essenciais da organização (aquelas que explicam o diferencial competitivo e fundamentam a estratégia) às competências das pessoas. A partir de uma abordagem contemporânea de competências, resultado dos estudos sobre a evolução do conceito de Gestão de Pessoas e do conceito de Competências, nós colaboramos no desenho e na implantação do modelo de gestão por competências. 

Nossa metodologia é fundamentada no Modelo dos Quatro Estágios™ de Contribuição, representado no Brasil pela Across, parceira da Desenvolver, desenvolvido pelo parceiro internacional Novations Group .O diferencial deste modelo é o desdobramento das competências de forma específica para níveis de atuação distintos, que chamamos de níveis de contribuição do colaborador na organização: aprendiz, especialista, mentor/gestor/gerente e estrategista. Este modelo traz como contribuição para a sua empresa a possibilidade de criar sistemas de gestão que reconheçam a verdadeira contribuição das pessoas e não apenas o cargo ou posição que ela ocupa.

 

2.3 AVALIAÇÃO POR COMPETÊNCIAS/ DIÁLOGO E FEEDBACK:

As competências são comportamentos esperados pela organização para que ela cumpra sua estratégia. Precisam estar claramente definidos e comunicados e para isto é importante fazer um mapeamento que demonstre o quão próximas ou distantes estão as pessoas da expectativa da empresa.

Nós implantamos na sua empresa uma ferramenta de avaliação 360º por competências para que esta resulte em informações úteis para identificar a situação atual dos seus colaboradores, o quão próximos ou distantes estão das expectativas da organização e também para identificar as principais necessidades de Desenvolvimento e Treinamento.

 Se você já tem uma ferramenta de avaliação (90º, 180º ou mesmo 360º), mas deseja alinhar seus processos ao modelo de competências, podemos colaborar com supervisão de melhorias, promovendo intervenções não apenas nos processos, mas especialmente no momento do feedback.

Os instrumentos de avaliação são desenhados com base nas competências essenciais da organização e fornecem informações quantitativas e qualitativas obtidas a partir das contribuições de pessoas ligadas ao profissional avaliado (equipe, superiores, pares, clientes e parceiros). As avaliações fornecem uma fotografia clara de como o profissional se percebe, como ele é percebido pelas pessoas ligadas à ele, fornece uma fotografia da diferença entre a auto-avaliação e a dos demais, e o mais importante: fornece diretrizes claras quanto aos aspectos fortes e os carentes de desenvolvimento.

Quando estas informações são oferecidas ao profissional, é o momento do Feedback. Entretanto, além de apenas apresentar as informações, preocupamo-nos em promover o desenvolvimento e para tanto criamos o momento do Diálogo. É este o momento em que Superior, Profissional e Gestor de Pessoas se reúnem para estabelecer as bases do Contrato de Desenvolvimento que este profissional assumirá como sujeito de seu desenvolvimento e colaborador da estratégia do negócio.

fAfM